Cabelos · Colora√ß√£o capilar

Henna.

Como hoje foi dia pintar o cabelo, resolvi falar um pouco acerca da henna e do efeito transformador que esta teve no meu cabelo.

A genética pode ser ingrata e apareceram-me os primeiros cabelos brancos quando ainda estava na faculdade. Tenho o cabelo bastante escuro e não gostava nada de ver aqueles cabelitos claros a brilharem no topo da cabeça. Até porque ninguém os tinha convidado e, mesmo assim, resolveram aparecer.

Nesta altura do campeonato, se n√£o pintasse o cabelo j√° teria umas belas madeixas brancas, parecidas com as da Storm dos X-Men, a emoldurarem-me o rosto. N√£o que isso tenha algum tipo de mal mas ainda n√£o estou preparada para assumir a minha mutante interior.

Portanto, há pelo menos uma década que, todos os meses, pinto religiosamente o cabelo.

Estou bastante familiarizada com os diversos tipos de coloração existentes no mercado. Acontece que todos os tipos de tinta que se vendem por aí fazem-me alergia. E acreditem que experimentei tintas dos mais diversos pergaminhos.

Sempre que pintava o cabelo o meu couro cabeludo descamava todo. Basicamente, saiam-me umas lascas de pele enormes onde ainda dava para ver os buracos do cabelo. Tamb√©m tinha epis√≥dios recorrentes de dermatite seborreica e eczema no pesco√ßo e orelhas. Aaaah… Saudades desses tempos. At√© porque uso bastante roupa escura e nada como uns flocos de neve nos ombros para complementar qualquer fatiota.

As reac√ß√Ķes al√©rgicas s√£o algo complexo e tendem a piorar com tempo se mantivermos a exposi√ß√£o ao factor irritante. Como tal e, antes que ficasse careca ou algo do g√©nero, resolvi procurar alternativas um pouco mais naturais para eliminar a as tintas da minha rotina.

Durante uns tempos, usei umas tintas da marca Herbatint que não têm amoníaco, álcool ou parabenos e com alguns extractos de plantas na composição. Ou seja, um nadita menos agressivas mas longe de serem consideradas naturais.

Os meus problemas de descamação melhoraram um pouco mas não desapareceram. Além disso, não gostava muito da oferta cores da marca e achava os tons um pouco baços e sem vida. Então comecei a pesquisar sobre a henna e foi das melhores coisas que fiz pelo meu cabelo.

O que é?

Um pó de coloração, proveniente da planta lawsonia inermis , para transformar em pasta e aplicar no cabelo ou corpo.

A embalagem da foto é da marca Ayumi Naturals mas existem outras marcas disponíveis no mercado.

Quanto custa e onde comprar?

A embalagem de 500gr. da foto custa 15,95‚ā¨ mais portes e costumo comprar na loja Ayur.

Qual a composição do produto?

Lawsonia Inermis. Apenas e só.

Tudo o que tenha mais ingredientes, desenvolva rápido e permita pintar o cabelo em menos de uma hora é desconfiar. Por norma, são tintas com henna adicionada e não henna pura.

Que tipo de cores existem?

Apenas uma: Vermelho.

As tintas tradicionais contêm químicos que abrem a cutícula do fio de cabelo e depositam os diferentes pigmentos no interior da fibra de capilar.

A Henna, por seu lado, limita-se a revestir os fios de cabelo com o pigmento extraído das folhas da planta e o resultado final depende do tom de base inerente a cada um.

No meu caso, tendo cabelo castanho escuro e cabelos brancos pelo meio, os escuros ficam um castanho acajou e os brancos um vermelho ruivo. O efeito final é um cabelo castanho quente com madeixas avermelhadas.

Cobre os cabelos brancos?

A 100%.

Como aplicar a Henna no cabelo?

A henna, ao contrário das outras tintas, exige alguma preparação e sobretudo uma maior disponibilidade de tempo.

Na véspera temos que fazer a mistura que posteriormente será aplicada no cabelo, para tal precisamos de:

-Um recipiente com tampa.

-Uma esp√°tula de borracha.

-Sumo de um lim√£o.

-√Āgua q.b..

РEntre 50 a 150gr. do pó de henna. A quantidade de henna a ultilizar depende da espessura e comprimento do cabelo.

No recipiente juntamos o sumo de limão à henna, vamos acrescentando água aos poucos e envolvendo com a espátula obter uma mistura que se assemelhe a um iogurte bastante espesso.

Por fim, tapa-se o recipiente e tem que ficar a repousar pelo menos oito horas. Sim, têm mesmo que ser oito horas.

Como não são adicionados químicos para acelerar o processo, cabe ao ácido, presente no sumo de limão, desfazer a clorofila das folhas da planta de modo a que estas libertem o pigmento, o que demora o seu tempo.

Para aplicar a mistura no cabelo, costumo utilizar um frasco com ponteira e vou aplicando secção a secção, massajando bem para que entranhe junto à raiz.

Também é importante aplicar um creme barreira próprio para o efeito, ou vaselina, nas orelhas, pescoço e testa para que a pele não fique manchada.

Na primeira aplicação convém tratar da raiz primeiro e posteriormente revestir bem o restante comprimento do cabelo.

Envolve-se a cabeça com celofane, tapa-se com um lenço ou gorro e a mistura fica a actuar durante oito horas no cabelo. Poderiam ser menos horas mas quero garantir que os cabelos brancos ficam bem revestidos.

O celofane permite que a pasta de henna n√£o seque e o cabelo possa ser gradualmente revestido pelo pigmento.

Como se trata de um processo moroso, aproveito dias em que não tenha compromissos para tratar do cabelo. O mais prático, contudo, é aplicar a mistura antes de dormir e na manhã seguinte lavar o cabelo.

Para retirar a henna aconselho a utilizar o amaciador de cabelo mais barato que encontrem no mercado. O amaciador √© mais suave que o champ√ī a retirar mistura do cabelo. Como o meu cabelo √© denso costumo fazer tr√™s passagens amaciador. De seguida, utilizo um pouco de champ√ī para deixar o couro cabeludo o mais limpo poss√≠vel. Por fim, termino com uma m√°scara de cabelo hidratante, visto que o sumo de lim√£o presente na mistura tende a secar um pouco o cabelo.

Depois é só secar e pentear a gosto.

Nos primeiros dias, é normal que o tom do cabelo seja um vermelho mais intenso mas não se preocupem que a cor vai oxidar e fica mais discreta.

Futuramente, talvez faça um tutorial com fotos para que seja mais fácil visualizarem todo este processo.

Quais as desvantagens da henna?

O tempo todo que este processo demora. Temos que planear quando quando queremos aplicar o produto no cabelo, h√° que fazer a mistura, esperar oito horas para que liberte o pigmento, aplicar, esperar mais oito horas para que revista os fios de cabelo, lavar o cabelo secar… √Č moroso e isso torna-se aborrecido. Contudo, tendo em conta os resultados que tenho obtido, continuo a achar que as vantagens superam as desvantagens.

Também convém salientar que a henna é uma coloração permanente. Ou seja, depois de aplicada é impossível de remover do cabelo a não ser que se pinte com uma tinta mais escura por cima.

Para quem pretende fazer alisamentos, permanentes ou qualquer tipo de processo deste género convém que se informem antes junto dos vossos cabeleireiros. A henna pode alterar a forma como os químicos reagem com o cabelo e é preferível evitar surpresas desagradáveis.

Quais a vantagens da henna?

A maior vantagem √© o facto de ser um produto natural e n√£o me causar alergia. Ali√°s, √© a √ļnica colora√ß√£o para cabelo que conhe√ßo que pode ser usada por gr√°vidas visto que n√£o cont√©m qu√≠micos que possam afectar o feto.

Além disso, é uma forma baste económica de pintar o cabelo. Costumo utilizar 50 a 60gr. de henna para pintar as raízes e o meu cabelo é bastante denso. Ou seja, se pintar apenas as raízes esta embalagem dura-me cerca de dez meses.

Tamb√©m h√° que falar do brilho. O cabelo pintado com henna fica com um brilho extraordin√°rio que n√£o desaparece. Uma das coisas que me irritava bastante, quando usava outros tipos de tinta, era o facto de a cor s√≥ manter o brilho durante umas duas semanas. As cores ficavam sempre ba√ßas independentemente dos produtos que se utilizasse para contrariar esse efeito. Com a henna o brilho √© permanente. Posso dizer que j√° n√£o me lembro da √ļltima vez que pintei as pontas e ainda est√£o brilhantes e sedosas.

Creio que a questão do brilho também se prende com o facto de a henna tornar os cabelos mais saudáveis. As tintas tendem a ressecar e a agredir o cabelo e um cabelo agredido não tem tanto brilho.

A henna como reveste os fios com a cor acaba por selar a cutícula e deixar o cabelo mais lustroso.

Para al√©m de ter muito cabelo, tenho um cabelo rebelde e com tend√™ncia a seco e, antes de ter mudado para henna, tinha uma juba dif√≠cil de disciplinar. A minha rotina de cabelo envolvia v√°rios tipos de champ√ī, amaciador, m√°scara, ainda tinha que aplicar diversos tipos de cremes e s√©runs. E, apesar de todos estes passos, continuava com um cabelo encrespado e sem brilho. A henna veio simplificar bastante a minha routina capilar, uso muito menos produtos e nunca tive o cabelo t√£o disciplinado. Continua ser um cabelo tendencialmente rebelde mas o aspecto √© bastante diferente.

Em suma, uma Cobaia experimenta tintas, perde lascas de pele, lida com colora√ß√Ķes que n√£o correm como previsto e outros dissabores quando s√≥ precisava de pouco de henna.

Adoro o facto de se tratar de uma solução simples, natural e o brilho, pessoas?

J√° vos falei do brilho?

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s